Blindagem – Um trabalho artesanal e minucioso

FOLHA DE LONDRINA – PR  – 29/11/2010

Blindar um carro é um trabalho 100% manual, que dura 30 dias e envolve especialistas em cada etapa da blindagem A FOLHA acompanhou esse processo na Só Veículos, que atua há 10 anos no ramo de blindagem na capital paulista

No galpão, de mais de 3 mil metros quadrados, cerca de 30 carros estavam em linha de produção de blindagem Entre os modelos, carros de luxo, a maioria SUVs, como Porsche Cayenne, Q5, da Audi, ix35, Vera Cruz, Santa Fé da Hyndai, BMW X6 e X1, XC60, da Volvo O trabalho é rico em detalhes

Assim que chega à empresa, o carro é submetido a uma avaliação para identificar se o mesmo possui algum problema Em seguida, começa a fase de blindagem, com o veículo sendo completamente desmontado Com cuidado, cada peça é embalada e identificada separadamente, seguindo para um depósito

O ”esqueleto” do carro e a parte elétrica são protegidos por um plástico Depois, o veículo segue para a aplicação da manta Nesse momento cada parte do carro possui um molde, semelhante a um molde de roupa A manta é recortada em cima de cada modelo e colada com cola especial O aço é aplicado apenas nas colunas de sustentação do automóvel, norma estabelecida pelo Exército Brasileiro ”Nem todas as empresas cumprem essa norma Muitas, para baratear, colocam aço no lugar da manta, deixando, consequentemente, a blindagem muito mais pesada”, revela Kelly Lagoa, proprietária da empresa

A blindagem dos locais de um veículo não é feita onde o dono quer e, sim, nos lugares que o protegem Cada modelo tem locais específicos a serem blindados Depois de receber a manta, o carro segue para a parte da montagem, que começa pelos vidros São eles que vão guiar como o montador vai trabalhar a interna É a parte mais trabalhosa Pronto, o vidro fica com uma espessura de 21 milímetros ”Depois que você blindou, fez toda essa sobreposição de material, todas as peças do carro não se encaixam mais É preciso retrabalhá-las Então, lixamos, cortamos manualmente, mantendo todo o acabamento original”, explica Kelly

Os pneus também podem receber proteção As rodas ganham uma fina cinta de metal, com cerca de 2,5 milímetros, que impede os pneus de se esvaziarem se atingidos, permitindo que o carro percorra cerca de 20 quilômetros numa velocidade baixa Algumas empresas envolvem a roda com uma rígida fibra de náilon, com espessura aproximada de 6,5 centímetros Ela não deixa a roda tocar no chão e o carro consegue percorrer cerca de 35 quilômetros a 80 km/h

Por último, está a parte de qualidade, onde o veículo é submetido a teste de água para verificar se não há infiltração e teste de rua para averiguar se não está com entrada de vento e ruído Depois disso uma pessoa checa, minuciosamente, item por item, para ver se tudo está fixo e no seu determinado lugar Por último, faz-se uma higienização na parte interna do carro e, exteriormente, polimento e espelheamento.

Sobre soveiculos

Com mais de 1.500m² de espaço, o nosso showroom é uma boa amostra do que de melhor faz a indústria automobilística mundial, num festival de marcas consagradas e exclusivas. O estoque no local gira entre 120 e 150 carros. Certamente você encontrará o modelo dos seus sonhos. Ou vários deles...
Esse post foi publicado em Blindados. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Blindagem – Um trabalho artesanal e minucioso

  1. Alvimar Dóglia de Britto Júnior disse:

    Quais os niveis de blindagens e quais os projeteis que as mesmas não a perfuram. Quero saber sobre alteração de peso dos veiculos. obrigado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s