PORSCHE 911 TURBO: ESSE CARRO É COISA SÉRIA

Matéria do blog Autoentusiastas: PORSCHE 911 TURBO: ESSE CARRO É COISA SÉRIA

Porshe 911 Turbo

 

Semana passada fizemos uma enquete entre os leitores autoentusiastas. Foi dada uma lista de sete carros que a loja Só Veículos colocou à nossa disposição e dentre eles o leitor daria seu voto, escolhendo qual carro desejaria que experimentássemos. Ganhou a picape Ford F150 V-8 Raptor SVT. Em segundo veio o Porsche Turbo.

Como a picape, recém-importada, está ainda acertando a documentação, tratamos logo de andar no Porsche enquanto esperamos a liberação da Raptor, que em breve estará nas mãos dos autoentusiastas.

Fizemos um filminho, que creio esclarecedor, mas é tanta coisa a falar a respeito deste Porsche, é tanta tecnologia a serviço do prazer de guiar, que algumas coisas nos escaparam na hora de gravar.

Vamos lá:

O câmbio é automatizado e usa o sistema denominado pela Porsche de PDK (Porsche Doppelkupplung, embreagem dupla Porsche). Tem 7 marchas e a velocidade máxima de 312 km/h é atingida em 6a. A 7a serve para viajar tranquilo em giro mais baixo e também para economia de combustível.

Os dois turbos, com intercooler, são refrigerados a água e têm o sistema VTG (Variable Turbo Geometry), ou seja, a geometria das pás da turbina varia de acordo com a rotação do turbo. O resultado é que com o VTG o turbo atua desde baixas rotações e não é mais necessária a válvula de alívio (wastegate). A pegada é logo em baixa, e a 1.950 rpm o torque máximo de 66,2 mkgf já está 100% disponível. E ele vai assim até às 5.000 rpm. É uma barbaridade, é um coice descomunal e longo. Parece um foguete, mesmo. Esse sistema de geometria de turbina variável, basicamente, já é usado nos motores a diesel, mas este é o primeiro motor a gasolina a usá-lo.

São 500 cv a 6.000 rpm. OK, hoje em dia uma potência dessas já não assusta, mas acontece que o motor a busca muito rápido. O turbo logo age e o motor cresce com uma brutalidade impressionante. E é aí que entra o PTM (Porsche Traction Management) para administrar essa força crescente toda, distribuindo-a da forma mais eficiente possível entre as quatro rodas, ou melhor, entre os quatro pneus que estão se virando para transferir tudo isso para o chão. E o PTM cumpre perfeitamente seu papel. Ele consegue domar essa violência toda e ao motorista resta que tenha calma, discernimento e juízo, para saber quando é hora de tirar o pé do acelerador e o meter no freio.

Semana passada guiei um Ferrari F430, cujo peso e potência se assemelham aos deste Porsche 911 Turbo, e a lição clara que tirei desse “comparativo” é que o uso do turbo dá ao Porsche uma aceleração incomparavelmente mais forte. O Ferrari faz o 0 a 100 km/h em 4,1 seg e o Porsche, em 3,6 seg. O que são 0,5 segundo de diferença? Olha, meu amigo, saiba que quando a coisa vai se apertando lá para os números baixos, 0,5 segundo faz muita diferença.

É de tirar o chapéu para a Porsche. Estou impressionado.

Sobre soveiculos

Com mais de 1.500m² de espaço, o nosso showroom é uma boa amostra do que de melhor faz a indústria automobilística mundial, num festival de marcas consagradas e exclusivas. O estoque no local gira entre 120 e 150 carros. Certamente você encontrará o modelo dos seus sonhos. Ou vários deles...
Esse post foi publicado em Porshe. Bookmark o link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s